Menu
Campanha Outubro Rosa 2018

Bancários de Feira aprovam imposto sindical e dizem não a reforma trabalhista

Os bancários da base do Sindicato de Feira de Santana, reunidos em assembleia no auditório da sede da entidade, aprovaram, na noite desta terça-feira (7/2), a continuação do desconto referente ao Imposto Sindical, por entenderem que é com recursos financeiros que os sindicatos podem financiar e organizar a luta para a manutenção dos direitos que a “reforma Trabalhista”, aprovada pelos golpistas, tenta tirar.

imposto seeb feira 25893

Propagandas enganosas

Pagas pelos golpistas para disseminar mentiras e enganar o povo brasileiro, o consórcio do golpe formado pelos partidos DEM, PMDB e PSDB, liderado por Michel Temer, passa para o público que o fim do Imposto Sindical vai aumentar a renda do trabalhador. A verdade é que eles querem destruir as entidades que defendem os trabalhadores e esfacelar os direitos conquistados há mais de 50 anos.

Enquanto tentam enfraquecer os sindicatos de trabalhadores, eles investem no fortalecimento do sindicato dos patrões incentivando às empresas a fortalecerem essas entidades.

imposto seeb feira 2 45151

O Imposto Sindical é destinado ao fortalecimento das Centrais Sindicais - CTB(10%), Confederações - Contraf(5%), Federações (15%), Sindicatos(60%) e 10% para o FAT(Fundo de Amparo ao Trabalhador).

É com esse recurso que as entidades realizam congressos, seminários, manifestações, como também custeia a participação dos representantes dos trabalhadores nas mesas de negociações, nas COE's (Comissão de Organização dos Empregados) tanto dos Bancos públicos, quanto dos Privados.

Os trabalhadores, em especial os bancários, que conseguiram, com muita luta, uma convenção nacional com quase 100 itens, não irão permitir que essa organização que tomou conta do país acabe com ela.

Vamos á luta e garantir o que já conquistamos,

Diga não a retirada de direitos.

Diga sim ao imposto sindical!

Fonte/SEEB/Feira

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar