Menu
Campanha nacional 2022
-->

Bancários do BB cobram melhorias no acordo sobre teletrabalho

4.8.22 negociacao bb 65999

Teletrabalho foi o tema da rodada de negociação entre a Comissão Executiva dos Funcionários e a direção do Banco do Brasil, realizada na manhã desta quinta-feira (4/8), por videoconferência. Na reunião, a CEBB defendeu o aumento do número de bancários que podem ficar em teletrabalho e melhorias no acordo sobre o tema, que está em vigor.

Os bancários querem também o pagamento da ajuda de custo, independentemente da quantidade de dias que o funcionário fique em teletrabalho e não apenas, para quem tem mais de 50% da jornada nesta modalidade.

A direção do BB respondeu que quando assinou o acordo se tratava de um projeto piloto e que o contingente, definido inicialmente em 30%, deveria ser para analisar como a iniciativa iria se desenvolver. Disse também que estuda a ampliação, mas, no momento, não tem uma resposta, pois ainda está em análise.

Outro ponto discutido na reunião desta quinta, foi a questão das horas negativas dos bancários que não conseguiram realizar suas atividades no teletrabalho durante a pandemia do covid-19, por falta de equipamentos ou outros empecilhos. O primeiro acordo assinado com a empresa prevê um prazo para o pagamento das horas. Agora a CEBB reivindica a anistia destas horas negativas.

A direção do BB afirmou não ser possível o “perdão” total, mas que estuda uma forma de pagamento. Também deve apresentar nas próximas rodadas, os dados sobre os funcionários que devem horas, para que sejam analisadas propostas para compensação.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar