Menu
Campanha whatsapp

Calendário de negociação é definido e bancários reivindicam ultratividade

31.7 negociacao campanha 2020 2 fc10b

Em reunião nesta sexta-feira (31/7), o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) definiram o calendário de negociações da campanha salarial da categoria. As discussões acontecerão, por videoconferência, pelo menos duas vezes por semana, conforme reivindicação dos representantes dos trabalhadores.

As negociações começam na próxima terça-feira, 4 de agosto, com o debate sobre teletrabalho. O tema é de extrema importância para a categoria, uma vez que muitos trabalhadores estão em home office devido a pandemia causada pelo covid-19. A pauta tem uma cláusula específica sobre o assunto, que visa garantir os direitos para os bancários nesta situação.

Emprego será o segundo tema em foco, na reunião de quinta-feira quinta (6) . Na sequência, serão discutidos saúde e condições de trabalho (11) e igualdade de oportunidade, no dia 13. As cláusulas sociais serão debatidas no dia 14 e as cláusulas econômicas no dia 18 de agosto. A última rodada está agendada para o dia 28 de agosto.

Ultratividade

Na reunião, o Comando voltou a reivindicar a ultratividade da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) até o fim das negociações. A Fenaban afirmou que defende a ultratividade, desde que seja uma regra válida para todos os trabalhadores e não apenas para os bancários. Ou seja, negou.

Os representantes dos bancos afirmaram ainda que acreditam que o acordo pode ser fechado antes de 1º de setembro, data base da categoria. Isso seria a ideal, mas a campanha está só começando.

Para surpresa do Comando, a Fenaban perguntou se os bancários querem discutir a participação nos lucros e resultados (PLR), item que consta na minuta de reivindicações. Após confirmação do Comando, os bancos disseram que também querem negociar a PLR e apresentar uma pauta própria, pois a atividade econômica está mudando e modificações na CCT são necessárias no mundo do trabalho.

“A categoria tem que está preparada. Não podemos nos apegar a pequenos detalhes neste momento, pois o que está em jogo é a renovação da nossa CCT. Nós conseguimos avançar até o momento, mas é preciso muita unidade dos trabalhadores”, afirmou o presidente a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, que integra o Comando Nacional.

Neto lembrou ainda que a Fenaban tentou de todas as formas alterar a jornada dos bancários, estabelecendo o trabalho aos sábados e finais de semana, tentou mudar a cláusula 11, que trata da gratificação de função e também estabelecer que a PLR seria negociada de forma individual. “Todas estas MPs tiveram a digital da Fenaban. Estamos iniciando as negociações em um momento muito delicado, o que requer de nós muita unidade”, ressaltou.

A reunião desta sexta-feira contou com a participação de todos os bancos, o que é positivo para a campanha.

No encontro, o Comando entregou ainda ao Banco do Brasil a pauta de reivindicações específicas dos empregados.

Confira o calendário de negociação da campanha:

4 de agosto - 11h/13h Teletrabalho

6 de agosto - 14h Emprego

11 de agosto - 14h/16h Saúde e Condições de trabalho

13 de agosto - 11h Igualdade

14de agosto - 11h Cláusulas Sociais

18 de agosto - 11h/13h Cláusulas Econômicas

20 de agosto

21 de agosto - 11h

25 de agosto - 14h

26 de agosto - 14h

27 de agosto - 14h

28 de agosto - 11h

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar