Menu
Campanha whatsapp

Greve continua no RN

Os bancários do RN decidiram continuar em greve por tempo indeterminado. A decisão é uma resposta aos banqueiros que não apresentam uma nova proposta salarial desde o dia 24 de setembro, quando todo país rejeitou a esmola de 7,5% oferecida pela Fenaban.


Na assembléia realizada nesta quinta-feira, no auditório do SINTE/RN, a categoria avaliou que o movimento nacional vem se fortalecendo, apesar da Contraf/CUT insistir em desmobilizar as bases que deflagraram a greve por tempo indeterminado, como foram os casos de Brasília, Rio Grande do Norte, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Sul (bancários da CAIXA), Sergipe e Tocantins.


Além da continuidade da greve, a assembléia aprovou duas moções de repúdio em nome do Sindicato dos Bancários do RN: uma contra o gerente do Unibanco da Avenida Prudente de Moraes, que rasgou os cartazes da greve e tentou intimidar dois diretores do Sindicato (Wellington Medeiros e Albertina Bertino) e uma delegada sindical pela CAIXA (Sílvia) que formaram o piquete em frente a agência na manhã desta quinta-feira e outra moção contra a direção do Sindicato do Rio de Janeiro que deu um golpe na base durante a assembléia do dia 1° de outubro.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar