Menu
Redes sociais Feebbase
-->

IPCA e INPC fecham 2021 acima dos 10%

2022 inflacao em alta 11b46

A inflação alta voltou a atormentar os brasileiros. Segundo o IBGE, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado o índice oficial da inflação, subiu 10,06% em 2021. Isso é mais que o dobro do do ano anterior (4,52%) e o maior desde 2015 (10,67%). Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou com alta de 10,16%, ante 5,45% em 2020, e também com o maior resultado em seis anos. O INPC é o mais utilizado como referência para negociações salariais.

Os dados divulgados nesta terça-feira (11/01) mostram que alguns itens tiveram impacto maior sobre a inflação. Caso da gasolina, por exemplo, que aumentou 47,49% em 2021, enquanto o etanol aumentou 62,23%. Já a energia elétrica teve alta de 21,21%. O gás de botijão teve aumento médio de 36,99%.

Assim, das 16 regiões áreas pesquisadas pelo IBGE, 10 terminaram 2021 com inflação de dois dígitos. A maior alta ocorreu na região metropolitana de Curitiba: 12,73%). A menor variação foi em Belém (8,10%). Na Grande São Paulo, o índice variou 9,59%. E ficou acima dos 10% em Vitória (11,50%), Rio Branco (11,43%), Porto Alegre (10,99%), Campo Grande (10,92%), Salvador (10,78%), Fortaleza (10,63%), Recife (10,42%), Goiânia (10,31%) e Aracaju (10,14%).

Esse é mais um reflexo da péssima gestão do governo Bolsonaro, que não trabalha para solucionar os problemas dos brasileiros.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar