Menu
Redes sociais Feebbase

Novembro também é o mês de resistência

site 702x336 017d8

O dia 20 de novembro é considerado o Dia Nacional da Consciência Negra, relembrando a morte do último líder do quilombo dos Palmares, Zumbi dos Palmares. Por isso, o mês de novembro tem se tornado referência para atividades que inspiram a luta e resistência do povo negro.

As questões que envolvem o população negra são antigas, mas também são atuais, já que foram mais de 300 anos de escravidão no Brasil e as consequências permanecem até hoje.
É possível ver o racismo e as desigualdades raciais através de dados. De acordo com o IBGE, 54% da população do país é negra, mas são pessoas brancas que ocupam as maiores parcelas nos índices econômicos e sociais. O instituto afirmou que no Brasil a renda média da população negra é de R$ 1.570,00, enquanto a da população branca é de R$ 2.814,00.

Além disso, os negros são 63,7% dos desempregados. Nos cinco maiores bancos, ocupam apenas 20% das vagas disponíveis, a maioria nos bancos públicos, já que a contratação acontece por meio de concursos e não entrevistas.

Ações em Salvador
Durante o mês de novembro, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai disponibilizar em alguns bairros de Salvador uma programação especial dedicada ao Novembro Negro. A programação envolve palestras, seminários, rodas de conversa, triagem e realizações de exames.

Os eventos acontecem até o dia 29 e a programação completa pode ser acessada no site da secretaria (http://www.saude.salvador.ba.gov.br/com-o-tema-por-uma-salvador-livre-da-discriminacao-e-do-racismo-secretaria-municipal-da-saude-lanca-atividades-do-novembro-negro/).

Por: Carolina Portela

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar