Menu
13 milhões de acessos

Vitória de bancário contra o Bradesco

Mais um bancário vítima de assédio moral no Bradesco ganhou ação na Justiça. Demitido há mais de cinco anos, Antônio Ferreira dos Santos entrou com processo por assédio moral e discriminação sexual contra a empresa, que foi condenada pela 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília, a pagar R$ 1,3 milhão por danos morais ao ex-gerente.
Antônio Ferreira exerceu a função de gerente na empresa por cinco anos, em três agências. Era ofendido publicamente devido a orientação sexual pelo gerente regional, na época Fernando Tenório, e em 2004 foi demitido por justa causa.
Depois de perder o emprego, sofreu com a depressão e, com a justa causa que recebeu, teve dificuldades para reingressar no mercado de trabalho.
No entanto, ainda cabe recurso ao Bradesco.

SEEB-BA

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar