Menu
Campanha Outubro Rosa 2018

Bancários reforçam protestos contra demissões no Itaú

14 out protesto itau ssa 3 c268c

Dirigentes da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe e do Sindicato da Bahia percorreram agências do Itaú em Salvador, na manhã desta quarta-feira (14/10), para denunciar a falta de sensibilidade do banco que já demitiu centenas de trabalhadores em todo o país, mesmo tendo se comprometido a não demitir durante a pandemia do coronavírus ( Covid-19).

Mais de 300 pessoas foram demitidas em todo Brasil, sendo 150 só na área de Veículos. “O banco está dispensando colegas por telefone, outros estão sendo demitidos doentes e a médica do trabalho não cumpre o seu papel para proteger essas pessoas que foram lesionadas dentro do banco. Colegas com 30 anos de banco sendo descartados por videoconferência”, denunciou a diretora da Feebbase e membro da Comissão de Organização dos Empregados do Itaú, Andréia Sabino.

14 out protesto itau ssa 5378b

Os protestos aconteceram nas agências do Iguatemi, avenida Tancredo Neves e Pituba, em Salvador. Em todas as unidades, os dirigentes alertaram sobre a postura do banco, que continua lucrando muito, mas insiste em reduzir o quadro de pessoal.

O presidente da Feebbase, Hermelino Neto, condenou as demissões e lamentou a forma como o Itaú vem tratando seus funcionários neste momento. “Não há motivos para demissões. O banco obteve lucro líquido de R$ 8,117 bilhões no primeiro semestre de 2020 e assumiu o compromisso de manter os empregos até o fim da pandemia, mas não manteve a palavra. É muito triste ver um banco agindo de forma tão cruel com os seus empregados. Em momentos de crise e dificuldade, o mínimo que se pode esperar é o cuidado com os seus funcionários, mas isso não acontece no Itaú”, ressaltou.

As manifestações contra as demissões seguem em todo o país, nas agências e nas redes sociais.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar