Menu
Feebbase

Trabalhadores tomam as ruas de Salvador contra a retirada de direitos

10.11 dia de luta salvador 4ee62

Os trabalhadores baianos mostraram a disposição para lutar contra qualquer retirada de direitos nesta sexta-feira (10/11), em Salvador.   A concentração começou cedo nas pistas de saída do Dique do Tororó, bloqueando o trânsito na entrada da  Lapa, a maior estação de transbordo do transporte coletivo de Salvador.

Lideranças sindicais de diversas categorias se revezaram ao microfone do carro de som, para alertar a sociedade sobre o alcance das mudanças propostas pelo governo ilegítimo de Michel Teme, que irá prejudicar todos os trabalhadores brasileiros. Em especial, as mudanças da reforma trabalhista, que entra em vigor neste sábado, flexibilizando e retirando uma série de direitos dos brasileiros.

O presidente da CTB Bahia, Pascoal Carneiro, falou da importância do ato. “Hoje é um dia muito importante para nós trabalhadores. Estamos aqui nesse movimento nacional, que tem por objetivo repudiar a reforma trabalhista, que entra em vigor a partir de amanhã. A sua implantação terá a resistência dos trabalhadores, porque ela não atende aos interesses da sociedade brasileira. Não vamos ficar parados”, ressaltou.

10.11 dia de luta salvador 2 b858c

Caminhada

Depois do grande sucesso que foi o ato realizado no Dique do Tororó, as centrais sindicais e o movimento popular seguiram até o Campo Grande de onde saíram em uma grande caminhada pelas ruas do Centro da cidade.

Milhares de pessoas participaram da manifestação, que foi aumentando durante o percurso e chamou a atenção dos trabalhadores das lojas, clínicas e escritórios da Avenida Sete de Setembro.

Para Pascoal Carneiro, os trabalhadores precisam saber o que está acontecendo com os seus direitos. “Estamos nas ruas para esclarecer a população, que é necessário que os trabalhadores não permitam que o Congresso golpeie os direitos deles, retirando o direito à aposentadoria, por exemplo”.

A manifestação é parte do Dia Nacional de Mobilização contra a perda de direitos da classe trabalhadora, organizado pelas principais centrais sindicais do Brasil. Na Bahia, foram realizadas manifestações nas cidades de Salvador, Irecê, Jequié, Camaçari, Teixeira de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Feira de Santana, Juazeiro e Barreiras.

Com informações da CTB Bahia.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar