Menu
Confira as redes sociais
-->

Após cobrança, BB deixa de exigir visitas presenciais de gerentes PJ

Mais uma demonstração da importância de denunciar os abusos dos bancos aos sindicatos. Após intensa cobranças da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) e das demais entidades representativas dos bancários, o Banco do Brasil retirou a cobrança de que os gerentes PJ fizessem visitas presenciais aos clientes.

As visitas eram exigidas pela direção do BB, mesmo com o aumento dos casos de covid-19 e da variante H3N2 da Influenza, que ocorre no país. As entidades sindicais cobraram responsabilidade do banco com a saúde de clientes e funcionários.

Em um e-mail enviado para os gerentes das especializadas PJ nesta segunda-feira (18), o BB comunica a flexibilização da regra de visitas, voltando a aceitar videochamadas e contato telefônico, como era até ano passado. Mais uma conquista da mobilização da categoria.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar