Menu
Campanha Outubro Rosa 2018

Após cobrança, Santander paga abono para demitidos

Além de descumprir o compromisso de não demitir durante a pandemia de Covid-19, o Santander passou por cima da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) dos bancários e não estava pagando o abono único de R$ 2 mil aos demitidos em setembro.

Após cobrança do movimento sindical e da COE (Comissão de Organização dos Empregados) cobraram e o banco informou que vai pagar o abono. Os bancários que foram demitidos entre 4 e 30 de setembro deste ano receberão os valores.

O Sindicato dos Bancários da Bahia lembra que quem foi dispensado não precisa acionar o banco. O benefício será creditado automaticamente nos próximos dias. Além disso, alerta que sobre o valor do abono ainda há incidência do Imposto de Renda.

O Santander, que explora o Brasil e mantém lucratividade altíssima no país, demitiu mais de 1 mil bancários, mesmo na pandemia. Total irresponsabilidade. Como se não bastasse, ainda não queria pagar o deve. O movimento sindical garantiu o cumprimento da CCT.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar