Menu
Redes sociais Feebbase

BB quer desligar cerca de 5 mil funcionários

Dando seguimento ao projeto de desmonte, a direção do Banco do Brasil comunicou ao mercado nesta segunda-feira (11/1)um plano de reorganização, que prevê o fechamento de 112 agências e o desligamento de cinco mil funcionários. As medidas seriam desenvolvidas durante o primeiro semestre de 2021.

Segundo o banco, o plano de reorganização tem o objetive de dar eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento do País, com a desativação de 361 unidades (112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento), a conversão de 243 agências em postos de atendimento e oito postos de atendimento em agências, transformação de 145 unidades de negócios em Lojas BB, sem guichês de caixa, relocalização compartilhada de 85 unidades de negócios e criação de 28 unidades de negócios (14 agências especializadas agro e 14 escritórios leve digital).

Ao mesmo tempo, o banco vai lançar um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e de um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), com o objetivo de desligar cerca de 5 mil funcionários.

As medidas vão aumentar a sobrecarga de trabalho dos bancários que já sofrem com a pressão por metas e o adoecimento.

As entidades sindicais vão cobrar explicação da direção do BB sobre o programa e cobrar respeito aos direitos dos funcionários.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar