Menu
Confira as redes sociais
-->

Bolsonaro quer transformar o BNB em subsidiária da Caixa

Bolsonaro segue com a agenda privatista a todo vapor. Agora, o governo avalia a possibilidade de transformar o BNB em uma subsidiária da Caixa. Um retrocesso sem precedentes.

O banco é essencial para o país, principalmente por reduzir as desigualdades regionais. Há 69 anos, atua no desenvolvimento do Nordeste e como importante agente na operação de políticas públicas. Atualmente, é líder em financiamento a microempreendedores por meio do CrediAmigo.

O maior programa de microfinança da América do Sul possui 2,41 milhões de clientes ativos e uma carteira de R$ 7,57 bilhões. Outros números mostram como a instituição é eficiente. No primeiro semestre de 2021, o lucro líquido chegou a R$ 710,4 milhões, alta de 113,6% em relação ao mesmo período de 2020.

Portanto, a proposta é inadequada e injusta com a sociedade brasileira. O BNB não pode perder o foco primordial que é de reduzir as desigualdades sociais e regionais.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar