Menu
Confira as redes sociais
-->

Federação reage à perseguição de sindicalistas no Bradesco em Jequié

A Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe enviou carta ao Departamento de Recursos Humanos do Bradesco para repudiar a atitude do banco e do gerente-geral da agência de Jequié-BA, José Farias Marques, em descontar da folha salarial dos diretores do Sindicato dos Bancários de Jequié um dia de trabalho, em represália ao Dia Nacional de Luta, realizado em 30 de maio de 2007.


Todos os dirigentes sindicais daquela agência participaram ativamente da manifestação ordeira e pacífica, sem que houvesse registro de qualquer ocorrência. O documento ressalta que o movimento foi realizado em todo o país, não havendo, que fosse do conhecimento, esse tipo de represália em nenhuma outra agência do Brasil. Os colegas estavam na verdade realizando seu papel na condição de representantes da categoria, portanto não faltaram ao trabalho, sendo injusto o desconto de seus vencimentos.


A Federação solicita que o banco reveja a posição, que o movimento sindical encara como atitude anti-sindical, que em nada contribui para um bom relacionamento da empresa com os sindicatos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar