Menu
Confira as redes sociais
-->

Sindicato da Bahia protesta contra assédio moral na Caixa

Em meio a um surto de Covid e gripe nas agências, a Caixa insiste em não fechar as unidades com casos confirmados, para sanitização. Também não encaminha os empregados para testagem. Resultado: centenas de bancários infectados por irresponsabilidade do banco.

Para piorar, os trabalhadores sofrem com assédio moral e pressão por metas, que abalam o psicológico e desencadeiam doenças, como síndrome do pânico, depressão e síndrome de "Burnout".

2022 salvador protesto caixa assedio b0a0a

Diante do cenário, nesta terça-feira (18/01), o Sindicato dos Bancários da Bahia realizou manifestações para denunciar o ataque aos direitos dos trabalhadores e o fatiamento do único banco 100% público do país.

Diariamente, os trabalhadores são pressionados por alto desempenho e produtividade. A situação piora com as ameaças de descomissionamentos. No ano passado, o SBBA se reuniu com representantes da Superintendência da Caixa para tratar do assunto. Mas, a prática continua na empresa.

O Sindicato luta para que os empregados da Caixa ou de qualquer outro banco denunciem o assédio moral. O isolamento do trabalhador, o não repasse de atividades, ser humilhado ou constrangido ou até mesmo xingado são algumas das ocorrências que devem ser denunciadas e combatidas.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar