Menu
Confira as redes sociais
-->

Audiência na Alba pauta inclusão de aposentado do Baneb no Planserv

A sala de comissões da Assembleia Legislativa estava lotada de aposentados do Baneb, nesta quarta-feira (04/05), na luta pela inclusão no Planserv. Foi realizado uma audiência pública com a presença dos antigos trabalhadores do banco, que pleitearam pela assistência à saúde, após anos de contribuição ao Estado.

2022 audiencia baned planserv 79b16

A inclusão dos aposentados no Planserv é possível pelo PL (Projeto de Lei), de autoria do deputado estadual Marcelino Galo, que também esteve na audiência. O projeto visa corrigir a injustiça com os trabalhadores que serviram em sociedades de economia mista, caso do Baneb, encerrado em 1999, quando os empregados foram transferidos ao adquirente com direitos e obrigações.

Participaram do ato, o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, o presidente do Afabaneb (Associação dos Funcionários Aposentados do Baneb), Erenaldo de Sousa, e o diretor Valdomiro Lustosa, além da diretora do SBBA, Nole Fraga, que também era do Baneb.

Augusto agradeceu a acolhida do projeto na Assembleia, pelo gesto de empatia aos antigos trabalhadores. “Os aposentados do Baneb, no momento em que mais precisam, não têm direito a um plano de saúde, e estamos lutando pela alteração da lei para viabilizar esse direito”, acrescentou.

Durante o evento foram avaliadas as questões jurídicas, além dos aspectos políticos que envolvem a tramitação. O objetivo agora será reunir com a Secretaria de Administração do Estado e com a direção do Planserv para analisar a viabilidade técnica da inclusão. Ficou definido também que uma comissão realizará reunião com parlamentares para sensibilizar sobre a importância da aprovação do projeto.

Vale ressaltar que a vitória é possível, já que o SBBA conquistou o Planserv para os trabalhadores da Desenbahia. O evento desta quarta-feira (04/05) foi o primeiro, dentre muitos atos de mobilização a serem realizados, para que os aposentados do Baneb não precisem pagar altas mensalidades em planos privados.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar