Menu
Campanha whatsapp

Bahia é o terceiro estado que mais mata transgêneros

De acordo com os dados divulgados pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), a Bahia é o terceiro estado que mais mata transgênero no Brasil. São Paulo e Ceará ocupam o primeiro e segundo lugar, respectivamente.

Ao total, na capital baiana, foram registadas oito mortes, das 124 contabilizadas em todo país. Assim como a Bahia, em Pernambuco também foram registradas oito óbitos.

Analisando os dados por estado, o Nordeste ficou à frente com 45 assassinatos, seguido por Sudeste (37), Sul (14), Norte (14) e Centro-Oeste (12).

Os números ainda são altos e mostram como é complicada a vida de uma pessoa transgênro no Brasil, onde a expectativa de vida é de 35 anos, porém, os números estão em redução. Em, 2018, foram registrados 163 assassinatos, 39 a mais que 2019.

Os números constam de um levantamento divulgado nesta quarta-feira (29/01), Dia Nacional da Visibilidade Trans, criado em 2004 pelo Ministério da Saúde.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar