Menu
Redes sociais Feebbase

Desemprego diminui, mas informalidade bate recorde

No trimestre encerrado em outubro, a taxa de desemprego no Brasil fechou em 11,6%, reduzindo 0,2% em relação ao trimestre anterior e 0,1% em relação ao mesmo período em 2018. Esse número é equivalente a 12,4 milhões de pessoas.

Em contrapartida, o número de trabalhadores informais aumentou e bateu novo recorde. O número chegou a 11,9 milhões de pessoas, uma alta de 2,4% frente ao mesmo período no ano anterior.

As taxa foram apuradas pela Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio Contínua (Pnad Contínua) e divulgada nesta sexta-feira (29/11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os números, mais uma vez, mostrando a ineficiência do governo para criar políticas pública para geração de emprego. E assim, a população vai se virando como pode para levar o seu dinheiro para dentro de casa.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar