Menu
Redes sociais Feebbase

Em maio inadimplência bate recorde da série histórica

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), o índice de inadimplência das famílias brasileiras chegou a 10,6% no mês de maio deste ano. Foi o maior número registrado desde o início da série em janeiro de 2010.

O número indica o aumento de famílias que declaram não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso durante a pandemia do covid-19. No mês anterior, em abril, o percentual chegou a 9,9%.

Também cresceu o número de famílias que se consideram muito endividadas, atingindo 16% e se tornando o maior número desde setembro de 2011, quando o percentual chegou a 16,3%.

O maior vilão segue sendo o cartão de crédito, apontado por 76,7% dos entrevistados. Seguidos de carnês, com 18% e financiamento de veículos, com 11,1%.

O resultado mostra que as medidas adotadas pelo governo para diminuir os impactos econômicos da pandemia estão sendo insuficientes.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar