Menu
Redes sociais Feebbase

Entenda as causas do benefício do INSS negado

Está se tornando cada vez mais comum para o brasileiro ter o pedido do INSS negado. Em outubro de 2019, das 956,3 mil solicitações realizadas, 434,5 mil (45,4%) foram negadas, de acordo com o boletim publicado pela Previdência.

Por isso, é necessário ficar atento a alguns detalhes para evitar que esse inconveniente aconteça. Hoje, cerca de 500 mil pessoas estão na fila de espera do INSS, por pendencias de documentos para o órgão.

Aposentadorias por tempo de contribuição (regra anterior à reforma da previdência) geralmente são negadas porque vínculos presentes na carteira profissional não tem seus respectivos recolhimentos cadastrados no sistema do INSS. Para o órgão, qualquer documento oficial produzido na época em que a atividade foi realizada pode comprovar o vínculo.

Se o empregador não repassou a contribuição ou errou ao informa-la ao governo, o vínculo não aparece no Cnis (Cadastro de contribuições).

O INSS também não considera os vínculos que não tiveram baixa após a demissão, o que é comum em casos de empresas que declararam falência.

Trabalhos que trazem riscos devem ser informados corretamente para que o tempo de espera pela aposentadoria seja encurtado.

Além disso, documentos rasurados, pouco legíveis, sem foto ou rasgados também são motivos para ter o pedido negado.

Caso o assegurado não consiga provar complementares solicitados pelo INSS, pode recorrer à justiça.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar