Menu
Novembro Azul 2021
-->

Ex-ministra diz que 29 milhões de pessoas estão fora do Auxílio Brasil

Segundo a economista Tereza Campello, o novo Auxílio Brasil deixará milhões de brasileiros ‘completamente desassistidos’ a partir de 2022 e vai submeter as famílias pobres a uma situação de insegurança total.

A ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no governo de Dilma Rousseff alertou que “a população pobre, que hoje vive insegurança alimentar gravíssima, vai viver uma insegurança não só para 2022 como também em 2023”. Cerca de 29 milhões de pessoas teriam sido excluídas do Auxílio Brasil.

“Até o período recente, tínhamos quase 44 milhões recebendo benefícios, sendo auxílio emergencial ou Bolsa Família. E esse é o problema central: todas as famílias foram excluídas sem que nenhuma informação fosse avaliada. O governo sabia que o auxílio emergencial seria interrompido. Essas famílias deveriam ter sido informadas, convidadas a se cadastrar para que pudessem ter uma migração séria. Isso não foi feito e famílias foram eliminadas, um corte cego, sem nenhuma avaliação profissional”, criticou.

Com informações do Vermelho

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar