Menu
Redes sociais Feebbase
-->

Funcionários pressionam BB a abrir informações sobre reestruturação

Em reunião com integrantes do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição, ligado ao Ministério Público do Trabalho (MPT), nesta quarta-feira (3/2), representantes dos funcionários do Banco do Brasil solicitaram intermediação do órgão para obter informações sobre o plano de reestruturação anunciado pela direção da empresa.

Na reunião, os representantes dos funcionários lembraram que o MPT participou da negociação do Plano de Demissão Voluntária (PDV) apresentado pelo banco em 2016 e que situações de fechamento de agências, tradicionalmente os bancos informam aos sindicatos. A exceção aconteceu agora, em 2021, quando o Banco do Brasil anunciou a reestruturação com o plano de demissões e de fechamento de agências de postos de atendimento por todo o país sem passar as informações, alegando razões de mercado.

Os representantes do banco se comprometeram na reunião a submeter a pauta com os pontos destacados pelos representantes dos bancários à instância superior e trazer a resposta até a próxima audiência com o MPT, na segunda-feira (8).

Participaram da reunião o secretário-geral da Contraf, Gustavo Tabatinga, e o coordenador nacional da CEBB, João Fukunaga. Junto com os representantes do BB, eles foram recebidos pelo subprocurador-geral Francisco Gérson Marques de Lima, pela subprocuradora-geral Eliane Araque dos Santos e pela vice-procuradora-geral Maria Aparecida Gugel.

Com informações da Contraf.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar