Menu
Feliz ano novo

Governo Bolsonaro confirma fim do Ministério do Trabalho

O futuro ministro da Casa Civil do presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou que o Ministério do Trabalho será desmembrado entre as pastas de Economia, Justiça e Cidadania. Para Onyx Lorenzoni, essa divisão mantém as demandas do trabalhador e empresário dentro do mesmo plano organizacional e não atrapalhará as demandas.

Diferente disso, o presidente eleito já havia anunciado o fim do Ministério do Trabalho em novembro, porém, voltou atrás da decisão. O recuo se deu por conta dos questionamentos sobre a continuidade das atribuições da pasta, visto que tem como principais funções elaborar políticas salariais e de desenvolvimento profissional, ações que garantam a criação de emprego e renda, modernizar as relações de trabalho e ainda fiscalizar as condições do ambiente em que as atividades são desenvolvidas.

Com essa mudança, o futuro governo que anunciou durante toda a campanha eleitoral a redução de ministérios para “no máximo” 15, chega a 22 pastas no primeiro escalão e, mais uma vez, confirma o desprezo pela classe trabalhadora.

Por Rafael Santos

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar