Menu
Confira as redes sociais
-->

Itaú prorroga prazo para compensação de horas negativas

Reunidas nesta segunda-feira (2/5), a Comissão de Organização dos Empregados (COE) e a direção do Itaú acertaram a prorrogação, por mais 6 meses, do prazo para a compensação das horas negativas provenientes da pandemia do coronavírus. O novo prazo começa em 1º de setembro e segue até março de 2023.

Com isso, os trabalhadores afastados durante a pandemia poderão compensar as horas negativas, respeitando o limite de duas horas diárias. Esse é amais um importante avanço para garantir os direitos destes bancários.

O Itaú informou ainda, que prorrogou para 13 de maio, o prazo para adesão ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV), sem alteração dos critérios.

Outro assunto discutido na reunião foi o Programa GERA, que vem causando muitas reclamações dos bancários. Os trabalhares afirmam que a alterações feitas no programa para 2022 tem gerado cobrança exacerbada por metas cada dia mais difícil de serem alcançadas.

A COE solicitou a abertura de uma negociação específica sobre o GERA, para que sejam discutidos todos os pontos do programa.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar