Menu
Redes sociais Feebbase

Ministro da Economia admite prorrogar o auxílio emergencial no valor de R$ 200

O ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial, no entanto o valor seria reduzido de R$ 600 para R$ 200 reais. O pagamento seria prorrogado por dois meses, permanecendo até agosto.

O auxílio é voltado principalmente para os trabalhadores informais e microempreendedores individuais (MEIs) e foi criado para durar os meses de abril, maio e junho.

O objetivo do auxílio é amenizar os impactos econômicos provocado pela pandemia do coronavírus. Contudo o diretor técnico do Dieese, Fausto Augusto Junior, alerta que o auxílio emergencial expira em junho, justamente quando o país deverá estar no pico de mortos e contaminados, por isso sugere que o auxílio caminhe para se tornar uma renda básica.

O diretor afirma que é preciso abrir esse debate, deixando claro que a pandemia não vai passar tão rápido e que deixará uma crise econômica.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar