Menu
15º Congresso da Feebbase

Pix registra falhas no primeiro dia de funcionamento efetivo

O Pix, novo sistema de pagamento instantâneo do Banco Central (BC), passou a funcionar de forma integral na última segunda-feira (16/11) com relatos de dificuldades para a transferência de valores.

A Caixa estava entre os bancos que chegou a falar sobre "uma intermitência pontual no serviço" e de operações não completadas. Contudo, de acordo com o BC não houve nenhuma instabilidade no sistema, houve apenas um volume de operações que não foram completadas em um banco ou outro e isso está sendo monitorado.

Segundo o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do BC, João Manoel de Pinho de Mello, parte dos erros em operações não completadas ocorreu em tentativas de Pix para conta salário. "Não é possível cadastrar uma chave para conta salário", explicou ele.

Ao total, no primeiro dia, foram mais de 1 milhão de transações, entre diferentes instituições até as 18h, em reais, o valor das transações liquidadas foi de R$ 777.324.881,92. O Pix é um meio de pagamento, assim a TED ou DOC. A diferença é que o novo sistema permite que a operação seja feita em qualquer horário e em poucos segundos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar