Menu
Campanha Outubro Rosa 2018

Seeb Camaçari protesta contra demissões no Bradesco

Sindicatos de bancários de todo o Brasil realizaram manifestações nesta quinta-feira (15/10) para denunciar as demissões no Bradesco, Itaú e Santander. Até o momento, foram cerca de 1,5 mil desligamentos no Santander, outras 427 demissões no Bradesco e mais de 400 no Itaú. Com isso, os três descumprem um compromisso assumido publicamente em março, o de não demitir durante a pandemia.

15.10 protesto bradesco camacari 2 f1c8f

O protesto é contra a falta de responsabilidade social destes bancos, que juntos lucraram R$ 21,7 bilhões no primeiro semestre de 2020 e apesar disso, demitem e contribuem com o aumento do nível de desemprego no Brasil.

Em Camaçari, o Sindicato dos Bancários promoveu uma grande manifestação na agência do Bradesco situada na Radial A. Munidos de cartazes, faixas e carro de som, os dirigentes do Sindban conversaram com bancários e clientes sobre a necessidade da manutenção do emprego na categoria, que foi essencial no momento de crise pandêmica.

O trabalho do bancário foi imprescindível para a população conseguir atravessar a crise sanitária e econômica que o país atravessa. “O desrespeito das instituições em demitir seus funcionários em plena crise é irreparável. A falta de sensibilidade trouxe um grande questionamento: Quanto vale uma vida? pelo visto, para o Bradesco, nada”, lamentou a presidenta do Sindban, Taise Mascarenhas.

15.10 protesto bradesco camacari baf1d

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar