Menu
Feebbase

A Federação

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados da Bahia e Sergipe foi fundada em assembléia realizada no dia 16 de novembro de 1968, no auditório do Sindicato dos Conferentes e Condutores de Cargas e Descargas do Porto de Ilhéus - Bahia. Participaram da fundação representantes dos Sindicato dos Bancários da Bahia, Sindicato dos Bancários de Sergipe, Sindicato dos Bancários de Ilhéus, Sindicato dos Bancários de Itabuna, Sindicato dos Bancários de Feira de Santana e Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista. Nesta época as eleições eram realizadas pelo Conselho de Representantes Junto à Federação do qual cada entidade filiada tinha direito a 01 (um) voto, independente de numero de sócios na base.

Em 28 de maio de 1969, a Federação obteve o reconhecimento do Ministério do Trabalho e, em 13 de agosto do mesmo ano, filiou-se à CONTEC (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito).

Em 16 de janeiro de 1991, assumia uma nova direção na Federação. Era fruto da renovação ocorrida no movimento sindical bancário, primeiro no Sindicato da Bahia, seguida pelo de Sergipe e posteriormente nos sindicatos de Vitória da Conquista, Itabuna, Extremo Sul e Irecê. Em fevereiro definiu-se pela filiação à CUT (Central Única dos Trabalhadores), passando a ser a 1ª Federação de Bancários no país, da estrutura oficial, a filiar-se à CUT.

No seu 1° Congresso Extraordinário, em 06 de julho de 1992, mudou-se o estatuto da entidade e intensificou a discussão para desfiliar-se da CONTEC. No 2° Congresso, realizado em 15 de agosto de 1992, definiu-se, enfim, pela desfiliação da CONTEC e a filiação à CNB/CUT (Confederação Nacional dos Bancários).

A partir de dezembro de 1993, no 3º Congresso, passa-se a eleger a diretoria em congresso de delegados eleitos na base de cada sindicato filiado, levando em consideração a proporcionalidade por sindicato representado.

Atualmente, a Federação é filiada à CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) e conta com 13 (treze) entidades filiadas, sendo 12 (doze) na Bahia e 1 (uma) em Sergipe.