Menu
55 anos da Federação

Santander divulga resultados do primeiro Censo de Diversidade e Inclusão

Notícia importante para os funcionários do Santander. A empresa divulgou nesta segunda-feira (3/6) os resultados do seu primeiro Censo de Diversidade e Inclusão, que contou com a participação de 26 mil trabalhadores, representando 51% do quadro funcional. Segundo o banco, o objetivo do censo é conhecer melhor os empregados em relação a características de raça, gênero, geração, orientação sexual e deficiência, com o intuito de melhorar as condições de trabalho e promover um ambiente mais inclusivo.

De acordo com os dados divulgados:

- 58% dos respondentes se autodeclararam brancos, 30,2% pardos, 9% pretos, 2,1% amarelos e 0,2% indígenas.

- Em termos de identidade de gênero, 52,7% se identificaram como mulheres cis, 0,2% como mulheres trans, 45,5% como homens cis, 0,2% como homens trans e 0,3% como não binários.

- As gerações foram representadas da seguinte forma: 69,8% da geração Y, 17,1% da geração X, 12,8% da geração Z e 0,3% baby boomers.

- Em relação à orientação sexual, 87% se autodeclararam heterossexuais, 5,4% bissexuais, 4,5% gays, 1,7% lésbicas, 1,1% pansexuais e 0,3% outros.

- Entre as pessoas com deficiência, 52,7% possuem deficiência física, 21,6% visual, 13,1% neuro divergente, intelectual ou múltipla, e 12,7% auditiva.

Estas informações são muito importantes para que o movimento sindical possa construir uma pauta de reivindicações que atenda efetivamente os anseios dos funcionários do Santander. Esses números com certezas serão discutidos no Encontro Nacional, que acontece na quinta-feira, em São Paulo.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar