Menu
Campanha nacional 2018

Fenaban recebe pauta e marca negociação para o dia 28

entrega minuta fenaban 2018 2 f1f42

Começou oficialmente a campanha salarial dos bancários. No início da tarde desta quarta-feira (13/6), o Comando Nacional entregou a pauta de reivindicações da categoria aos representantes da Federação dos Bancos (Fenaban), que agendou a primeira rodada de negociação para o dia 28 de junho, às 10h.

O encontro aconteceu na sede da entidade patronal, em São Paulo, com a presença de dirigentes das federações e principais sindicatos de todo o país, que entregaram também as pautas específicas dos funcionários do Banco do Brasil, Caixa e BNB.

O presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, representou os sindicatos dos dois estados, juntamente com os diretores do Sindicato da Bahia Adelmo Andrade e Fábio Ledo.

Em sua fala, o presidente da Feebbase, ressaltou a importância de defender a Convenção Coletiva dos Bancários, que é referência para o movimento sindical do Brasil e da América Latina. Falou ainda da necessidade de discutir questões como emprego, saúde e segurança dos empregados do setor bancário, que continua sendo o setor mais lucrativo da economia brasileira, mesmo diante da crise que assola o país.

entrega da minuta 2018 9057d

Fruto de intensos debates em todo o país, a minuta com as reivindicações dos bancários foi aprovada pelos delegados e delegadas da 20ª Conferência Nacional no último domingo (10/6) e referendada nas assembleias em todas as bases sindicais do país.

No documento, a categoria reivindica reajuste com reposição da inflação e aumento real de 5% nos salários e outras verbas desta natureza, manutenção da mesa única de negociações entre bancos públicos e privados, dos empregos e dos direitos assegurados na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Aumento real para os salários e demais verbas, defesa da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com todos os direitos para todos os trabalhadores da categoria; com a proibição das demissões em massa. E garantir que nenhum bancário receba PLR menor em 2018.

O Comando Nacional dos Bancários entregou também à Fenaban um pré-acordo para garantir a manutenção de todos os direitos da CCT e dos acordos específicos até a definição das negociações deste ano.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar